sexta-feira, 11 de junho de 2010

Felizes...Para sempre?

 

Dia dos Namorados... Mais uma data comemorativa em prol do consumismo exarcebado ou um dia para se refletir sobre as relações amorosas concebidas na pós-modernidade?

Para o comércio sempre ávido pelo aquecimento de suas vendas, essa é uma das datas mais rentáveis. O marketing produzido estrategicamente para atingir em cheio o coração e o bolso dos casais apaixonados (outros nem tanto assim), é infalível.

Torna-se quase impossível resistir aos apelos midiáticos que, intrinsecamente reproduzem a ideia do amor mensurável através da qualidade do presente ofertado ao parceiro (a). Mais do que um objeto utilitário, vende-se fantasias, desejos, sedução, fórmulas mágicas que prometem solucionar os problemas dos mais intrincados relacionamentos afetivos. Essa é a lógica do mercado.

E como nós mulheres, somos maciçamente vítimas da ditadura da beleza, somos também o alvo desse comércio extremamente machista. Pois somos vistas sempre como “Gatas Borralheiras”, precisando de um banho de loja para nos tornarmos “Cinderelas”, prontas para satisfazer aos desejos do “Príncipe”.

Príncipe revestido de sapo, na maioria das vezes, porque como a cobrança do corpo, da plástica impecável é sempre direcionada para nós, eles se acham no direito (legítimo) de exibir faceiramente aquela saliência abdominal, contraída depois de ingerir muitos copos de cerveja aos finais de semana ou mesmo como conseqüência de uma vida sedentária, aliada a uma dieta desregrada.

E o “privilégio” (?) não se limita apenas à questão física, vai muito mais além. Estende-se para o lado comportamental. Talvez incentivados por uma cultura paternalista, o fato é que eles são infiéis até quando amam! O que já sabíamos, agora fora confirmado através de estudos realizados pela psicóloga francesa Maryse Vaillant. Ela diz: “os homens fiéis são tão raros que a mulher nem deveria se preocupar”.

Com a sedimentação de todas as conquistas femininas adquiridas ao longo dos tempos, veio também a revanche, as mulheres estão copiando o modelo bígamo de ser. Ou seja, a traição se democratizou, tornando-se recorrente entre ambos os sexos. A diferença ainda é a conotação atribuída pela sociedade a um e a outro. Punição moral para a mulher e liberdade assistida para o homem.

No entanto, para as mulheres que optam por essa “igualdade” de direitos, não é lícito que julguem, pejorativamente, o comportamento masculino. Não lhes é concedido esse direito, afinal praticam atos semelhantes. Jogo empatado, ninguém sai ganhando.

Diante de tudo isso, aproveitemos o Dia dos Namorados para repensarmos nossas relações com o sexo oposto (ou outros), procurando nos abster de falsos moralismos ou ditaduras machistas que, por vezes induzem nossas ações. Sejamos mais fiéis aos NOSSOS princípios e, portanto, menos influenciáveis. Procuremos no amor, a felicidade que tanto desejamos, mas sabendo que esta difere das dos contos de fada, onde todos se casam e são felizes para sempre... O para sempre pode acabar antes da meia noite! Mas o bom é saber que depois de uma noite, o dia sempre amanhece e tudo recomeça...



4 comentários:

  1. Oi,novamente adorei seu texto. Ele foi absolutamente pertinente diante das circunstâncias atuais. O relacionamento - de uma mameira geral- deveria ser baseado no respeito e amizade. Todos nós temos falhas e o que adianta presentes e congratulações em uma data específica, se na relação não há o principal: respeito. Ai, só as empresas mesmos para beneficiarem em data tão `` importante`` Seu blog recicla mesmo ideias, pois só através do questionamento e visão crítica é possível formar um caráter.


    Beijão e parabéns!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com a Daiane, é isso mesmo que fazem do Dia dos namorados,acho que todo dia é dia dos namorados, mas além do comércio as próprias pessoas fazem com que seja uma coisa mecânica, e muitas vezes eles mesmos(casais) não entendem o significado da data.
    Mayre adoraria a parceria dos blogs, claro que sim!
    me adiciona no msn para podermos conversar:
    damadesejada@hotmail.com
    bjsss
    Faby

    ResponderExcluir
  3. Aceito a parceria entre blog ^.^ Já te enviei um e-mail com o meu banner.
    Ahh... o seu banner já está no meu blog.

    Beijos!
    Cel,
    www.umajanelasecreta.com

    ResponderExcluir
  4. Gente, obrigada pela participação! Essa interação com vcs é muito importante pra mim!

    Bjão a todos!

    ResponderExcluir