sexta-feira, 29 de julho de 2011

Meu êxtase!

Quando a vontade vem, não dá pra segurar
As mãos ansiosas, chegam a suar
Loucas para te tocar
Sem hora marcada para começar
Manhã, tarde, noite, não importam
a hora e o lugar!
Sou seduzida pelas sensações
que você pode causar
Através de você e com você
Me liberto do que é certo
Esqueço tudo e te atendo, onde estiver
És prioridade, pelo fascínio que exerce sobre mim
Meu pensamento transborda, faz festa
Entra em efervescência!
Puro prazer, involuntário e ousado
Produz coisas que jamais imaginei fazer
E quando penso que acabou
Que o ponto final chegou
Percebo que eram só reticências
Uma pausa pra aumentar o desejo
Fico igual criança querendo algodão doce
E proibida de ter!
E quando digo que não, sou chantageada por você
Nem chego a hesitar muito
Te concedo o espaço que sempre vai ter
Pois contigo extravaso meus instintos mais humanos
Minha escrita, meu êxtase, meu bem-querer!

2 comentários:

  1. Tua escrita, teu êxtase, teu bem-querer.
    Doces palavras, inteligentes ideias, gostoso de ler.
    Tão sensual, tão atraente, me dá prazer.
    E por isso, aqui estarei sempre, só pra te ler... :D

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog!
    Seus posts são ótimos!

    Se puder dar uma me seguir e comentar alguma coisa agradeço http://novidadeseemoes.blogspot.com/


    Beijos,
    Aninha Herrero

    ResponderExcluir